Game of Thrones | Meera pode voltar e seu papel na trama deverá ser ainda mais importante

Personagem se despediu de Bran no quarto episódio da penúltima temporada da série

No meio de tantos reencontros na sétima temporada Game of Thrones, o quarto episódio trouxe também uma despedida: Bran Stark (Isaac Hempstead-Wright) e Meera Reed (Ellie Kendrick) seguiram, depois de muito tempo juntos, caminhos diferentes. A herdeira Reed acompanhou o jovem warg em sua jornada pelo Norte, atravessou a Muralha, viu seu irmão mais novo ser morto diante de mortos-vivos, e protegeu Bran durante toda a trajetória de volta à Winterfell. Quando os dois, enfim, chegaram à casa ancestral Stark, Meera avisou que voltaria para sua própria casa, deixando o companheiro de longa data sob os cuidados de seus familiares.

A despedida não foi das mais animadas - Meera disse a Bran que ele claramente não precisava mais dela para sua proteção e o novo Corvo de Três Olhos apenas concordou, agradecendo friamente pela ajuda prestada pela jovem durante todas as adversidades que enfrentaram juntos. No episódio, a partida de Meera rumo à casa de sua família acabou sendo ofuscada pela cena seguinte, que mostrava o esperado retorno de Arya Stark (Maisie Williams) a Winterfell. Contudo, é interessante lembrar o que Meera se tornou na série - e no potencial que ela tem para desempenhar um papel ainda mais importante na história.

Meera é filha de Howland Reed, um dos vassalos mais fiéis da Casa Stark. Em suas primeiras aparições, ela aparentava ser apenas a irmã mais velha de Jojen (Thomas Sangster), que fica em destaque por conta de seus poderes. O rapaz tinha as chamadas visões verdes, nome dado para sonhos proféticos, e deu o pontapé inicial na jornada de Bran para se tornar o Corvo de Três Olhos - Meera parecia apenas uma guarda-costas dos rapazes, assim como Osha (Natalia Tena) foi por muito tempo. Contudo, a jovem acabou sendo a única sobrevivente da missão de Bran e pode ser através dela que algumas pontas soltas da série serão amarradas.

É esperado que Bran tenha uma participação extremamente ativa no processo de Jon Snow (Kit Harington) ter acesso às suas verdadeiras origens. O jovem Stark teve, no fim da sexta temporada, a visão do nascimento de Jon, revelando que seu irmão mais velho não é um bastardo de Ned Stark (Sean Bean), mas sim sobrinho dele, filho de Lyanna Stark (Aisling Franciosi) com Rhaegar Targaryen, o irmão mais velho de Daenerys (Emilia Clarke). Ainda que Bran saiba disso e que, após revelar a informação, Jon acredite em suas palavras, as visões do jovem warg não são suficientes para provar a ascendência do rapaz perante todo o reino - e é exatamente aí que entra Meera Reed.

Na visão de Bran, vemos Ned Stark (Robert Aramayo, na versão jovem) chegando na Torre da Alegria acompanhado de cinco homens, entre eles, Howland Reed (Leo Woodruff). A fortaleza está sendo guardada por dois cavaleiros, sendo um deles o experiente Arthur Dayne (Luke Roberts). No confronto, todos acabam morrendo, com exceção de Ned e Howland - o segundo, ferido, salvou Ned de uma forma desonrosa: apunhalando Dayne pelas costas. No fim das contas, ele é a única testemunha ainda viva de quem realmente é Jon Snow e, desde o fim desse conflito, o lorde nunca mais saiu da fortaleza dos Reed, Atalaia da Água Cinzenta, localizada nos pântanos do Gargalo.

Com Bran de volta à Winterfell, todas as peças precisam estar perfeitamente posicionadas para provar que Jon é também um Targaryen - são poucos episódios até o final da série, então é preciso facilitar que alguns mistérios sejam resolvidos. A revelação de Bran deverá vir junto da confirmação disso através do pai de Meera Reed e da legitimação oficial disso, provavelmente nas mãos de Sam (John Bradley-West). No terceiro capítulo, o melhor amigo de Jon Snow foi punido com a tarefa ingrata de passar a limpo uma pilha de pergaminhos velhos na Cidadela por ter ajudado Jorah (Iain Glencom o escamagris, mesmo tendo sido orientado a não fazer nada. Muita gente especula que, no meio desses documentos, estará um hipotético papel legitimando a união entre Lyanna e Rhaegar, garantindo, enfim, que Jon Snow possa usufruir de direitos Targaryen.

Existe ainda outra teoria que aumenta expressivamente a importância de Meera na trama. Segundo especulações, Meera não seria apenas herdeira do guardião do segredo sobre a origem de Jon Snow, mas sim parte desse segredo. Algumas pessoas acreditam que, como a visão de Bran não mostra o momento em que Ned levou Jon Snow embora da torre, ela teria sido interrompida sem revelar tudo que aconteceu ali. A teoria diz que, na verdade, Rhaegar e Lyanna tiveram gêmeos: um deles foi criado por Ned como Jon Snow, a outra criança foi levada por Howland Reed e foi criada como Meera Reed. A teoria ganhou força, principalmente, pelas diferenças físicas na série entre Meera e Jojen e pelas semelhanças entre a herdeira Reed e Jon Snow.

Contudo, vale lembrar que essas semelhanças são muito mais claras na série que nos livros - na obra original de George R.R. Martin, enquanto Jon Snow tem olhos cinzentos escuros, Meera tem olhos verdes, assim como seu irmão. Por enquanto, levando em conta a forma como a história ligou os personagens, é extremamente provável que Meera volte à trama como uma peça importante na história de Jon Snow em função do seu pai. Caso isso se confirme, talvez amenize a despedida fria de Bran - o Corvo de Três Olhos certamente já sabia que seus destinos voltariam a se cruzar mais adiante. Game of Thrones é exibida no Brasil pela HBO. O próximo episódio da sétima temporada vai ao ar em 13 de agosto, às 22h.

Leia mais sobre Game of Thrones

Mas não tem porquê os dois entrarem numa disputa pela sucessão se o romance deles vingar; sendo um ou outro monarca por direito, com um casamento nenhum sai perdendo.

Verdade, não li o artigo. Mas essa teoria é meio loca, hein? Não curti não.

bran é um troca-peles e não um warg

Tbm não gosto disso, mas pelo jeito a série vai dar um jeito de casar Lyanna e Rhaegar pro Jon não ser bastardo. Acho que nesse 1 ano após o torneio o Rhaegar agilizou uma anulação, como ele era o príncipe herdeiro talvez ele conseguisse mais fácil.. e tbm ele tinha o meistre Aemon pra ajudar ele.

Ta. Ok. Entendo... existe algo "divorcio" em Westeros. Mas no caso tratado nenhum dos dois aconteceu: o casamento foi mais que consumado (pelos filhos que Rhagaer teve com Elia) e ninguém contestou o casamento. Todas as famílias em Westeros inclusive ficaram surpresas com o evento da coroa de flores. Era algo que ninguém esperava. Não é meio estranho?

Podem pedir anulação se o casamento não for consumado ou se alguém da família alegar que um dos dois casou sem consentimento ou que tá sendo mal tratado... mas como praticamente todos os casamentos em westeros são feitos por aliança politica dificilmente a família pede anulação nesse caso. O casamento do Tyrion com a prost. foi anulado por pedido da família dele... eles alegaram que os dois estavam bêbados, se não me engano, e conseguiram.

Você não deve ter lido o artigo direito, menciona uma teoria de que talvez Rhaegar tenha anulado o casamento com Elia Martell junto de um Alto Septão, e casado com Lyanna; Samwell Tarly assumiu a ingrata tarefa de fazer cópias de vários escritos velhos na Cidadela, e talvez num deles esteja a informação da anulação do antigo matrimônio ou referente ao posterior.

Tive a mesma dúvida. Na série a gente pode ver outros casos de segundos casamentos (como a Cersei que quase casou com o Loras ou a Lysa Arryn e o Baelish). Mas pra isso a Elia Martel já teria que ter morrido quando o Rhagaer capturou a Lyanna. Só que a Elia morre na tomada de king's landing, e o Rhagaer e Lyanna que comecaram toda a treta. Logo essa timeline ta zoada.

Não é teoria... apenas aguarde o próximo episódio.

Filho legítimo?! Até onde eu sei Lyanna Stark foi sequestrada por Rhaegar. Ele (Rhaegar) era casado com Elia Martell, irmã de Oberyn Martell de Dorne. De qualquer jeito,um bastardo.

Ex-Bran não aprova essa instituição barbara que é o Casamento. Seja ele vermelho, roxo, branco etc.

O quê, o casamento? Tava falando sobre eles largarem tudo porque se gostavam. O divórcio e casamento pode ser feito do jeito que for porque pra mim sempre vai ser a coisa mais desnecessária dessa série.

primeiro eles teriam que fazer o mesmo que o Jon Snow fez quando se tornou Rei do Norte por mérito: enfrentar a Cersei numa batalha e como o sétimo episódio será bem longo é provavel que ele seja focado na batalha Cersei vs Daenerys onde vai decidir quem irá sentar no Trono de Ferro mas os dois podem desistir do Trono de Ferro e seria bacana a Cersei ser morta em um incêndio provocado pela furia da Daenerys e seus dragões

Se na série houver a revelação perante o Reino da ascendência de Jon e de que ele não é bastardo, mas fruto de união legítima e o romance dele com Daenerys vingar, teremos ambos como Senhores dos Sete Reinos e Protetores do Território, então não haveria por quê um conflito interno. O único empecilho seria o Jon receber a informação e não saber lidar com o grau de parentesco de sua nova amada (que é bem coisa de Stark), já que da parte de Daenerys o fato não teria a menor importância, pois pela tradição ela deveria ter sido desposada pelo irmão.

valeu pelo elogio

É elogio, man.

Não é uma critica, é um elogio hehehehe Eu gosto, acho interessante, mesmo as q não tem pé nem cabeça. Acho muito melhor uma pessoa q pensa fora da casa do q quem sempre escreve obviedades.

kkkkkkkkkk

as minhas teorias podem ser loucas, mas são minhas heheh

Pois é. Tenho uma dúvida nisso sobre ela, que paira na cabeça, é meio turva a bola de cristal nesse sentido, o que vai ser dela em relação a isso. Não consigo opinar sobre. Sobre Jon, já foram feitos muitos paralelos, é mais fácil. Mas, sobre essa linha dela aí, é difícil comentar, muita loteria para um campo tão improvável de apostas.

Pois é, man. Eu discuto o que leio e vejo pessoas comentando, e como direto e reto estou no westeros, que é a maior comunidade sobre got desde idos de 99, nunca vi ninguém tocar nisso, fiquei wtf?

Já vai mostrar agora no 5 episódio, e ser confirmado no 7 episódio, foi vazado. Isso já é discutido desde idos de 2001/2002 no westeros....todo mundo lá tinha certeza que R + L = J, depois que saiu um manuscrito do Martin, ficou mais do que confirmado. E como é a teoria que Elio e Linda mais discutem, e há + de 160 páginas só sobre isso, é meio óbvio que eles casaram. É o único motivo real para a guarda real estar protegendo a torre da alegria. Se eles estivessem em segurança, com absoluta certeza Arthur Dayne estaria com Raeghar.

Não sabia que no mundo de Westeros existia essa possibilidade do ALTO SEPTÃO anular um casamento, de sorte que o primeiro casamento de Rhagaer seria anulado para legitimar o seu segundo casamento (Lyanna). Isso está mais para divórcio. Existe algum precedente em Westeros sobre anulação? Essa teoria não me entra. Alguém já pensou na possibilidade de Tyrion não ser um bastardo do Rei Louco, mas sim Cersei e Jaime? De sorte que o vanloqar de Cersei seria Daenerys? Daenerys seria tanta a Rainha que destronaria Cersei, como seu vanlonqar. Alias, corre na boca miuda que essa teoria do Tyrion não procede, já que a série optou a não adaptar a fisionomia do anão relatada nos livros, que remete às características dos Targaryan.

O motivo talvez do filho amar outra mulher? Coisa que, diga-se de passagem, o pai entenderia muito bem, se as teorias de que ele "amava" a Joanna estiverem certas. O Rei Louco fez muitas coisas que o povo foi obrigado a engolir. Com certeza Dorne ficaria extremamente ofendida com isso e pode ser esse o motivo para o assunto ter sido escondido. Isso não impossibilita o fato de ter ocorrido. Veja bem, são apenas suposições. Nas quais eu acredito, mas que obviamente podem nem acontecer.

Pois é. Creio que a mando de Mindinho, não. Teoria famosa de que ele seria o alquimista. Especulam muito que ele está atrás de meios para eliminar dragões, conversam muito sobre isso, e eu não duvidaria, não, afinal, quem melhor para ser pago e eliminar dragões do que alguém invisível?

Iam levar em consideração a anulação de um casamento por um rei louco? Fora que o povo de Dorne não aceitaria isso tão facilmente, uma vez que o casamento deles foi a união das duas casas e assim fortalecendo a força dos Targeryan, mesmo louco tenho certeza que Aerys II não faria isso e seria fã service, qual motivo para acabar um casamento consumado para o filho casar com uma pessoa prometida a outra pessoa?

Bom artigo. Uma teoria que corre por fora e poucos dão audiência é a de que Tyrion tem sangue do dragão. Aquele epi em que ele desce até a cripta pra libertar os dragões com base apenas na crença de que "os dragões compreendem a intenção das pessoas" a deixa ainda mais forte. Por mais que Tyrion seja um erudito (a sua moda), era uma aposta muito alta.

Com o rei sendo seu pai e ainda louco n é muito difícil imaginar uma anulação. E ela pode ter ocorrido por outro motivo q n imaginamos, n temos a cabeça criativa do Martin. Isso se é q essa teoria será comprovada. E sobre a série virar fá service sobre isso, n concordo, se isso se confirmar, seria algo talvez previsto desde q o martin começou a escrever os livros, o jon seria a pró´ria encarnação da canção de gelo e fogo. Ou no caso dele se casar com a daenerys, isso se aplicaria à união dos dois, de qualquer forma, não é fã service, e sim a ideia inicial de tudo.

Mais um motivo. Se o que o Rhaegar precisava era de um rei para anular o casamento dele com a Elia, então quer um rei melhor do que o próprio pai dele? kkkkkkkkkk Mas independente disso, acho muito provável que a série vá por esse caminho (da legitimação do Jon). Ainda mais que a Dany ser a herdeira já está tão sacramentado que acho que é mais um motivo para fazerem um plot twist com essa do Jon. Porém acho mesmo que ser rei não tem nada a ver com ele.

Concordo com você se o Jon Snow quiser reinvidicar o Trono de Ferro alegando ser herdeiro do Rhaegar ele teria que fazer o mesmo que fez na Batalha dos Bastardos onde por mérito se tornou o Rei do Norte. Por isso acho que a Daenerys vai ser a jovem e bela rainha que vai derrubar a Cersei, mas seria legal se ela fosse a algoz da Cersei percebendo que o Trono de Ferro só trouxe mortes, tirania e tristeza para todos em Westeros assim matando a Cersei e ao mesmo tempo derretendo o Trono de Ferro, afinal o final da série será diferente do final dos livros. É melhor deixar a profecia do valonqar e as coisas que ficaram de fora da série pros livros mesmo

A única coisa q tenho dúvida é se a construção da Daenerys é tão linear. Não sei se ela aceitaria de tão bom grado, visto q mais q uma Targaryen com ideais, ela é uma conquistadora - e filha do rei louco, como tu bem colocou. Não me surpreenderia se ela não aceitasse e após tudo resolvido começasse uma espécie de Dança dos Dragões 2. Mas concordo, o cenário mais provável é oq tu traçou.

Pq em respeito ao Aemon? Aemon não pediu nada para ele. Aemon teve seus motivos para abdicar, Jon terá os seus, ou não....Tu quis dizer, seguindo o exemplo do Aemon? Aí sim, acho q pode acontecer.

Pois então, tanto faz oq a Cersei acha, pq o Jon só subiria ao trono se, e somente se, ele derrotar a Cersei. E aí, se tiver essa documentação, não vai ser a Cersei q terá q reconhecer, e sim a DAaenerys ou o Tyrion, ou o Varis, ou sei lá, aquele q vai estar sentado no trono de ferro após a guerra, pode até ser o Jon se auto-declarando com a documentação. Não sei pq tu fica discutindo a Cersei, a Cersei não vai aceitar nenhum Targaryen, óbvio, por isso q tá rolando guerra, uai.... Por isso q tem a série....Oq isso acrescenta? Caso contra´rio ela diria : "sim, os targaryens são os legitimos herdeiros do trono. Daenerys minha filha, venha para Westeros q darei oq é seu". Pronto, fim da temporada. E a série passa a se chamar "Hunting for The White Walkers"

Mayara nas leis de Westeros um casamento não pode ser anulado tão facilmente uma vez que Rhaegar teve dois filhos com a Elia consumando assim o casamento, o Alto Pardal ou talvez o rei era os únicos com poder de anular um casamento, fora que se isso acontecer a série virou fã service do Jon pra legitimar ele.

Pra tudo tem um jeito.... deixa o rei louco ameaçar fazer ele engolir fogo vivo pra ver se ele n anula.... kkkkkk.... inventa uma desculpa qualquer lá e já era...... igual fizeram com o joffrey pra liberar ele de casar com a sansa, pq ela era filha de um traidor e tal..... claro q era mais simples nesse caso, mas só pra ilustrar.....

Mas a Daenerys foi a qualquer fogo,ela não saiu ilesa daquela ''cabana'' dos Khal's que pegou fogo normal?

Em Westeros isso não é permitido,só era permitido até um determinado momento,quando os targaryen se converteram a fé dos sete isso não pode mais ocorrer

Como tem tanta certeza que ele casou?

Exatamente. Não precisa legitimar o q já é legítimo.

Essa parte dos livros q vc fala q ela se queimou foi na arena? Pq se for é bem confuso, n dá pra afirmar com ctz q ela se queimou, pq num trecho fala q ela estava se curando das queimaduras, mas em outro, ela pensando sozinha, ela lembra q na arena aconteceu a mesma coisa q na pira com os ovos, queimou o cabelo mas o fogo n tocou no resto do corpo... ficou estranho.....

Acho que falamos aqui de imunidade ao fogo de dragão e não de qualquer fogo ou calor, né?

Na verdade, se o casamento entre Lyana e Rhaegar tiver acontecido oficialmente, Cersei não precisa legitimar ninguém, pois o casamento sendo legítimo o filho deste também o é.

Concordo com o Bruno. Do ponto de vista do povo o que importa é aquele que lutou pelo seu lugar no trono. Tendo isso em vista, acredito que a Dany caia nas graças do povo. Até porque, se essa questão de "herdeiro legítimo" fosse realmente importante, o povo estaria aclamando Dany ao trono uma vez que ela é a descendente direta do Aerys e ela, no momento, é a herdeira legítima (uma vez que o trono foi tomado por Robert na Rebelião e não por Cersei que está se aproveitando dos acontecimentos).

Olha, existem teorias na net de que o casamento de Rhaegar e Elia havia sido anulado e que ele se casou legitimamente com Lyanna quando ela engravidou. O que faria do Jon o herdeiro legítimo do trono (e o que convenhamos, não combina em nada com ele).

na série o cabelo dela ficou intacto, mas no livro ela fica careca porque o cabelo dela queimou todo Dany, abandonada pela maior parte do seu khalasar, mata a Maegi, queimando-a na pira funerária de Drogo e entra no fogo juntamente com seus ovos de dragão. Como resultado, disso, os ovos dão vida a três dragões que Dany nomeia Viserion, Rhaegal e Drogon, em homenagem a seus irmãos e a seu marido. Dany sai intacta das chamas (apenas com o cabelo queimado) e é chamada de "aquela que não queima" e "m@e de dragões". Três guerreiros de seu marido permanecem com ela, juntamente com os velhos e doentes do khalasar de Drogo, os remanescentes juram lealdade a Dany e ela se torna a primeira mulher a liderar um clã Dothraki, uma khaleesi.

Eu achei que eles iam se casar no final da série, mas pelo jeito o Bran não quer papo disso não...

filha da potagem não, ele gostava na Lyanna (achamos). Se for assim metade do mundo é fidapu. O Robb por exemplo, deixou o dever do casamento com os Freys e casou com a mulher que ele gostava. Como diria o Meistre Aemon, "o que é honra comparado ao amor de uma mulher?? bla bla" falava desse povo aí. Posso estar errada, mas se Lyanna e Rhaegar soubessem a guerra que ia dar eles largarem tudo acho que eles não teriam fugido.

Acho que o lance do valonqar vai ficar apenas nos livros com outras coisas que ficaram de fora já que a série não citou isso no flashback da profecia que assombra a Cersei. Essa sétima temporada deveria falar bem pouco dos Caminhantes Brancos e focar mais no Deanerys vs Cersei culminando na morte da Cersei. É melhor toda a oitava temporada estar toda focada apenas na batalha 7 reinos vs Caminhantes Brancos

Gentem, Rhaegar morreu antes da Elia e das crianças!! Porque vcs tão falando que ele recebeu a noticia da morte dela?? Como, se ele tava morto? O Rhaegar morreu no tridente -> o rei mandou a esposa grávida e Viserys pra pedra do Dragão -> Tywin Lannister e mais um monte de famílias resolveram se mexer e entrar na guerra por ela estar praticamente ganha após a morte do Rhaegar -> Tywn se mandou pra porto real e enganou o rei -> saque de porto real -> morte da Elia e das crianças -> morte do Rei -> Ned juntou a galera e foi quebrar o cerco de ponta tempestade -> Ned foi buscar a Lyanna

eu acho que ela vai ficar feliz em descobrir que o Rhaegar teve outro filho além dos dois que morreram e vai esperar já que os dois sucessores do Jon Snow o Viserys e o Rhaego (o filho dela) morreram em Essos. Então se o Jon Snow morrer de novo ou recusar o Trono de Ferro. Aí sim é ela que assume

Quando a Elia morreu o Rhaegar já tinha morrido há muito tempo.. então a sua teoria tá furada a partir daí kkk O único jeito é o Rhaegar agilizar um "divórcio" nesse 1 ano que passou depois que ele conheceu a Lyanna até fugir com ela... e não contou pra ninguém porq ele tbm se importava com a Elia e as crianças... "A quem interessa a filiação de Jon, senão a ele mesmo?" Acho que interessa pra Daenerys, pois o Jon viria antes dela no direito ao trono, e tbm ao povo de westeros que vai preferir ele ao invés de uma mulher no trono.. ou não

A Danny vai assumir naturalmente a posição de rainha liderança de Westeros através do reconhecimento de que ela é a melhor chance que os vivos tem contra os Vagantes Brancos, afinal ela tem o fogo do seu lado, os Lanister não podem oferecer nada mais tranquilizador do que isso, Porto Real não está preparado para lutar contra a longa noite que é tipo o Armagedon pras pessoas, ninguém está nem a Danny na real. Acho que ela, a Danny vai ter pesadas perdas pessoal no seu lado, os Dothrakis, os Imaculados, vieram somente pra acrescentar mais carne as fileiras do Rei da Noite, eles não tem condição de enfrentar ele, e se a Danny se envolver diretamente na batalha ela pode perder mais de um ou todos os Dragões e aliados, talvez tenha que sacrificar até o Drogon pra derrotar o Rei da Noite. Ela com certeza vai se arrepender amargamente de ter trazido todas essas pessoas que confiaram nela pra um destino horrível desses, esse é um dos motivos pra eu desconfiar que ela pode sim deixar o Trono de Ferro para o Jon ao final, por ele se um Targaryen, e por ela não o querer mais por amargura do que ele lhe custou. Depois de finalmente derrotar os Vagantes Brancos ela volta com o que sobrar do seu exército para Essos e com ajudo dos Segundos Filhos unifica todo continente sobre seu poder e reinstaura a nova era dos Senhores de Dragões naquele lugar. Vai ser parecido com o que Don Pedro fez no Brasil vou reinar na Europa mais deixo meu filho no trono do Brasil fica tudo em casa.

Acho que esse negócio dela ser irmã do Jon é mais podre do que um casamento lyanna e rhaegar só pro Jon não ser bastardo!! Mas... parece que essa temporada foi escrita por teorias do youtube, não duvido que seja.

foi o que eu disse é impossivel a Cersei legitimar o Jon Snow mesmo se não for derrubada nessa temporada (o que só irá acontecer na oitava temporada) ela não vai querer deixar um Targaryen assumir novamente ao notar que se o Jon Snow recusar o Trono de Ferro automaticamente é a Daenerys que assume já que o Viserys (o sucessor do Aegon e do Jon Snow) e o Rhaego (o filho dela que seria o sucessor do Viserys) morreram em Essos

E quanto a Daenerys ela não vai abdicar, pois na linha sucessória do Aerys II ela é a sucessora do Jon Snow (que pode recusar o Trono de Ferro em respeito ao Aemon Targaryen), Viserys e do próprio filho. Nesse caso ela não tem escolha, pois se o Jon Snow morrer de novo ou recusar o Trono de Ferro é ela que assume o Trono de Ferro Ou se ela abdicar o Trono de Ferro para o Jon Snow que pode recusar o Trono de Ferro em respeito ao Aemon acho que já sabemos qual será o fim trágico da Cersei na série e literalmente vai pegar fogo já que nessa temporada a Cersei não morre ainda

Exatamente, hoje o trono é dos Lannister e até ser conquistado continua sendo dos Lannister... Daenerys não tem direito, não por laços de sangue, somente por conquista. E é melhor ser assim do que inventarem uma carta que legitima o Jon e o casamento de Rhaegar e Lyanna, se o homem já era casado... Povo viaja, seria idiota demais uma legitimação assim, fora que a Elia morreu depois do Rhaegar e da Lyanna

Concordo em gênero número e grau, somente faço um adendo no seu raciocínio, o os Baratheons também teriam de reconquistar o trono, haja visto que a Cercei colocou até os símbolos do Leão coroado na fortaleza vermelha, e os Baratheons estão sem liderança centralizada.

Como Jon mesmo sendo legitimado Targeryan é herdeiro do trono de ferro se ele foi conquistado por um Baratheon? Gente pelo amor né, até o Stannis tinha mais direito que a Daenerys e o Jon e hoje seria o Gendry, agora se a Daenerys conquistar o trono de ferro novamente para os Targeryan, visto que talvez ela não possa mais ter filhos e descobrindo que Jon é seu sobrinho bastardo ela pode legitimar ele, mas pra isso acontecer os Targeryan tem que conquistar o trono de ferro novamente.

Alguém mais achou que ela tava afim do Ex-Bran? Ou ela só se via como responsável por ele mesmo?

Mas ela não tem como abdicar, pois o Viserys está morto e o filho dela (quer seria o sucessor) também com isso ela é a única herdeira do Aerys II

Meera não tem mais nenhuma utilidade na série. Se alguém pode revelar o que aconteceu na Torre da Alegria é seu pai, Howland Reed. E ela não é irmã de Jon. Em que pese os atores possam ser parecidos, nos livros eles não têm nada em comum, seja na cor dos olhos ou dos cabelos.

Exato Luis... nos livros ele esta na Cidadela, roubando segredos de livros trancafiados... provavelmente a mando de alguem com grana... mindinho talvez?

ele casou pelas leis targerien q permitiam a poligamia e incesto

O que implica politicamente? Implica que Jon é o herdeiro direto do Trono de Ferro e não Daenerys... só isso. Agora imagina como a mama dos dragões iria reagir a essa noticia...

Pode ser, agr se for isso quero ver como vão fazer, como q ninguém tinha visto ou ligado p esse documento ate agr.

Rapá...

No momento em q derrubarem a Cersei, não vai ser ela responsável por isso, e sim quem derrubar. Meio óbvio até. Se estamos no meio de uma guerra civil, onde o lado do Jon é adversário da Cersei, não faz o menor sentido depender do aceite dela para isso. Até pq o princípio da coisa é justamente questionar a legitimidade dela, Cersei. Tu viaja bonito em algumas coisas....

E qdo foi isso na série?

O Gibran tem um pensamento único para tudo. Ele inventa umas teorias loucas, algumas são interessantes, outras não tem pé nem cabeça. Tipo essa...Daonde ele me tirou isso, meu pai!!!!!!!!!?????? kkkkkkkkk

E no fim vai ser as coisas mais simples e sem graça ta ligado kkk

kkkkkkkkkkkk

Pois é, exato. E convenhamos, a Guarda Real, o maior cavaleiro que o reino já viu, iria proteger um bastardo? Nunca, nem hoje, nem amanhã, a não ser que....essa pessoa fosse futuro herdeiro do trono, e só o poderia ser, se, claro, eles estivessem casados, o que explica toda a torre da alegria.

John Snow vai ter que ir no programa do Ratinho fazer DNA

Para que Jon e/ou Daenerys ganhem legitimidade para ocuparem o trono e unifiquem todos os reinos, penso que os night walkers precisam atravessar a muralha e chegarem nas proximidades de Porto Real. Aí, sim, com um dos dois ou ambos vencendo os caminhantes e, provavelmente, algum dragão morto-vivo, perante o povo, terão tudo para serem admirados e assumirem o trono de forma legítima e aclamada. Torço para que isso aconteça no final da série.

Cersei não vai fazer nada, Cersei é uma mulher morta. Onde ele nasceu não importa. Fico tipo assim: oi? quando dão todo o protagonismo para Daenerys. Jon são as crenças, os mitos, é jesus, é o salvador, é neo, é Aragorn ( até o arquétipo idêntico, herdeiro, que não quer o trono). É gelo, é fogo. Sinceramente, não sei qual a dificuldade em aceitar que r + l = j, casaram-se, e é herdeiro direto. Não tem o que argumentar. Martin não falou diretamente sobre isso, mas Élio e Linda discutem muito disso sobre ele no fórum deles. Está mais fácil Daenerys ser Azor Ahai renascido, heroína, dando tudo pelo povo, inclusive a vida, igual ela acha, protegendo o reino da escuridão , e casando com Jon no final, como disse, eles ficando no norte. Jon não quer ser rei, não quer trono, não quer ..... nenhuma, só quer ficar vivo. E, se ele realmente quisesse o trono, Se, SE bem grande, garanto que Arya mataria quem estivesse no caminho dele, Bran ajudaria com absoluta certeza, tendo em vista que o próprio Bran afirma que ele é o real herdeiro. Mas, não. Só falam de Daenerys, ela no trono, ela derrotando os WW, ela é isso, ela aquilo, sério, não consigo entender, eu até tento, mas, é tanta coisa bem óbvia, que não entendo. A primeira coisa que Daenerys fará quando souber que ele é filho de Raeghar, será abdicar em favor dele...uma pessoa que tem todos os ideais do irmão, é bem falado por todos, já morreu pelo povo, é o ex a ser seguido, duvido muito que ela iria ficar estressada por ser princesa, só se a loucura batesse né, o que não é difícil, ou depois que ver que seus lindos e admirados dragões não seguram tanto a onda como ela acha que segura.

mesmo assim apenas a Cersei é que pode ou não legitimar o Jon Snow coisa que ela não irá fazer já que caso o Jon Snow seja legitimado Targaryen e recuse o Trono de Ferro é a Daenerys que por direito assume o Trono de Ferro já que o Viserys morreu. Além disso o Jon Snow nasceu no final da guerra na Torre da Alegria depois que o Rhaegar e a Elia já estavam mortos

http://awoiaf.westeros.org/index.php/Rhaegar_Targaryen onde? Porque, todo lugar em que acompanho, não existe isso de Aerys ter deserdado ele. Acompanho o westeros há muito tempo, e não tem uma boa alma que explica isso.

pois é e foi nesse período que o Jon Snow nasceu

ela não é imune ao fogo comum não no momento em que se tornou a Não Queimada o cabelo dela queimou deixando ela careca

Ele não foi deserdado, não. Não consta isso no livro. E Martin precisava criar linha sucessória para embasar a história de dança dos dragões com o fake aegon, daí a coroação que a menina alegou fazer sentido, se não, não faria sentido essa conversa toda da dança. A única coisa que Aerys não queria era que ele se casasse com um lannister, o que o obrigou a casar com Elia.

Nos livros, tenho ctz q Jaqen irá participar de algo grande, na série, não creio que volte.

Sim mas ele tem a força do protagonismo e alguma.coisa vai ter que provar

Exatamente as pessoas se esquecem a força do protagonismo do Jon snow

Tenho minhas dúvidas se irão

Não gosto desses "abandonos" de personagens, como foi com a Meera, Ellaria, Jaqen e Gendry...espero que todos voltem para finalizar suas histórias.

Boa Jão

Fato hahahahaha

Que ele casou com Lyana, ele casou. E se foi possível, é porque o outro casamento foi anulado. Como isso aconteceu é que não sabem ainda.

Raeghar anulou o casamento perante o septao Maynard, e casou-se com Lyana em seguida, em Dorne, manuscrito na cidadela confirma isso. Será revelado a Jon por Bran na 8 temporada. A importância que Jon dará a isso, eu não imagino, talvez ele nem queira. Quanto a Daenerys, não sei se ela irá digerir bem a ideia de não ser herdeira direta. Pode ser que ela queira se casar com ele no Norte, visto a desgraça que isso causou na família dela, ainda mais quando ela souber que o seu irmão amava Lyana, deixando o reinado para outra pessoa, ou mesmo acabar com o sistema de reinado. Fato é que adoraria já saber a treta que isso dará, tendo em vista que, se, e somente se, Jon quisesse (pq ele não quer, mas um rei bom para o povo é escolhido pelo povo), iria ser louco demais, visto que ele tem pessoas importantes para apoiá-lo na causa.

Mesmo assim ele não pode anular seu casamento nenhum alto septão permitiria.

Mas a própria série fez isso tbm,o Viserys morreu com aquele ouro derretido na cara

Foi? Não me lembrava. Então, em tese, o Jon continuará a ser um bastardo.

Na primeira temporada o Jon queima a mão ao matar um zumbi na muralha, imagina fogo de dragão então.

Ellia Martel morreu depois do Robert matar Rhaegar, já no fim da guerra no saque a porto real.

Ele quis dar uma de entendedor dos livros pra vc hehe.. Ainda faltam uns três livros pra terminar essa bagaça. O Velhote vai estar com 85 anos.

O artigo é sobre a série, então o que vale é o que está nela.

Mas se ele fugiu com Lyanna é porque ele cagou para Elia. Ora, pombas! Se ele estava escondido com Lyanna, e recebeu a notícia que Elia e seus dois filhos morreram, ele poderia casar com Lyanna para legitimar até mesmo o futuro filho dele, como um legítimo Targaryan, sucessor do trono, além de assegurar a dinastia da família. Após o casamento, ele vai para a Guerra no Tridente por vingança aos filhos e à antiga mulher, e morre.

Os targaryens não são imunes ao fogo,mesmo a Daenerys só acontece uma vez no livro que é quando ela choca os dragões só na série que inventaram que ela é a prova de fogo

Rhaegar não poderia fazer esse casamento com a Lyanna,ele foge com ela bem antes dela morrer e era um casamento Consumado,seria muita filha da put#gem dele cagar pra Elia e pro seus próprios filhos.

Penso que após a notícia da morte de Elia Martell, Rhaegar resolveu legitimar a união com Lyanna e casou com ela. Dessa forma, o casamento seria válido e Jon Snow não seria um bastardo. O casamento, portanto, deve ter ocorrido após a morte de Elia. Se Rhaegar casou com Lyanna com Elia viva, a celebração não teria validade. Até porque, até onde eu sei, os costumes de Westeros não admitem divórcio. E realmente é plausível que aquela papelada que Sam terá que transcrever para os livros haja alguma documentação a respeito do casal ou mesmo a própria certidão de casamento de Rhaegar e Lyanna. Eu acredito que Howland Reed deve ter alguma prova material que Jon é um Targaryan. Uma Carta de Rhaegar? Mas o mais intrigante é: A quem interessa a filiação de Jon, senão a ele mesmo? Qual o peso político o Brann ou o próprio Howland informar ao Jon que ele é um Targaryan? Ele pode dizer: "Certo. Vocês estão dizendo isso. Bacana. Obrigado. Agora fiquei sossegado. Vamos seguir a vida!" E para o povo de Westeros? Quem garantirá para o povo que Brann ou Reed estão falando a verdade? Para o Jon, filho ou não de Ned ou Rhaegar, politicamente, não muda em nada! Jon continua nortenho, Stark, agora, filho de Lyanna, e aclamado Rei do Norte! Politicamente falando, será que isso é importante para o povo de Westeros? Na consciência do povo de Westeros, Daenerys, por todas as conquistas que conseguiu, com todos aqueles seus seguidores, com seus três dragões, é que, concretamente, tem legitimidade para o trono de ferro! O próprio povo pode pensar assim. Além de ela ser filha do antigo Rei, ela com seus três dragões e exército, se trata da própria versão feminina de Aegon, o Conquistador! Então, se não houver provas, não adianta nada ficar só no disse-me-disse. E ainda sim se houver provas, o que implicaria realmente? No fim, a revelação só vai interessar mesmo ao Jon, por interesse pessoal, e, afora isso, para nós mesmo, telespectadores, visto que se confirma que ele é a outra opção de ser o Azor Ahai, além da Daenerys - vez que são oriundos da genealogia de Aerys e Rhaela.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus