, , , , , ,

Loving Pablo

Loving Pablo
 Loving Pablo
(Regular)

Drama, Biografia, Crime

  • País / Ano de Produção: Espanha, Bulgária / 2017
  • Duração: indisponível

Loving Pablo | Crítica

Narradora do longa, Penélope Cruz é apenas uma desculpa para recontar a história de crime

A cinematográfica vida de Pablo Escobar foi absorvida pela cultura pop, que transformou o narcotraficante colombiano em uma mistura de Don Corleone e Tony Montana para a nova era. É um papel que se tornou obrigatório para os grandes atores latinos. Benicio del Toro, Wagner Moura e agora Javier Bardem encarnam Escobar com abordagens diferentes, muito além das suas marcas públicas de violência, populismo e da sua pança e bigode característicos.

Em Loving Pablo, Fernando León de Anaroa busca o lado apaixonante do traficante ao adaptar as memórias de uma de suas amantes, a apresentadora Virgínia Vallejo, interpretada por Penélope Cruz. Essa combinação de objetivo, elenco e direção em uma coprodução Espanha/Bulgária leva imediatamente à pergunta: por que contar essa história em inglês? O que seria aceitável em um filme comercial soa incômodo em um longa de intenção passional. É um detalhe que se torna gritante frente ao esforço para mostrar autenticidade estética e histórica, frente a coragem para chocar com violência e a decadência dos seus personagens.

A narração de Virgínia, que deveria apresentar o seu lado dos fatos, apenas maquia a mesma narrativa. Ao invés de mostrar o olhar de um mulher bem sucedida que se vê seduzida por um monstro em pele de cordeiro, a produção prefere dar mais atenção a Pablo e a busca por respeito que foi a sua perdição. O título sobre amar Pablo nunca se justifica. Virgínia é tratada pelo filme como mera informante, não como personagem.

A verdade de Loving Pablo está nas atuações de Bardem e Cruz, mas é um esforço que não tem apoio da narrativa. Anaroa não entendeu Virgínia e tampouco se atreveu a questioná-la. Ela é uma desculpa para recontar a mesma história de crime, a mesma caçada policial, agora em um filme para gringo ver.

 

Leia mais sobre Loving Pablo

Triste ver que a democratização da informação propiciada pela internet só tem feito aflorar o emburrecimento geral nas pessoas.

"Endeusamento" talvez seja um termo muito forte nesse caso, acho que "curiosidade histórica" se encaixa melhor.

Ultimamente pessoas estão com dificuldade de entender a diferença entre relatar e valorizar.

HAHAHAHAHAHAHAHAHA. "Turma do Maurício: A quadrilha da tinta"

Ainda bem que fizeram Narcos com aquela qualidade que teve e se concluiu toda a história relevante do Pablo em poucas temporadas. Foi o Pablo definitivo que eu precisava ter visto e posso dispensar o restante dos filmes e obras sobre. Fico feliz com isso.

Nem sabia da existenciaaa desse, agora nem sei pq o javier topou isso

As pessoas não veem Narcos ou filmes do tipo para endeusar traficantes, e sim pelo que esses contos trazem em torno desses personagens. Se vc conseguir fazer um filme com tensão, suspense, investigação, perseguição e tiroteios sobre a vida do Maurício de Souza, te garanto que o sucesso da obra vem da mesma forma.

Tá mais recontada que a história da origem do Batman

Concordo

O Escobar de Wagner moura ainda ta mt fresco na memória. Aquela foi uma atuação memorável. Fazer um filme sobre ele agora será pedir pro filme ser eclipsado pela série

Fazer filme do Pablo Escobar em inglês e justamente depois do sucesso de Narcos. É pedir pra fracassar.

é um sacoh esse endeusamento desse traficanteh. Infelizmente as pessoas não se interessam por pessoas que realmente são interessantes, só querem saber de lixoh.

discordo, acho q todos os filmes tem sua razão de existir q vai do amor do diretor pela historia ate o amor pelo $$$$ para contar ela no cinema, agora a qualidade do filme é outra historia

Cara, chega de pablo escobar, tá saturado..

Realmente não há sentido pra esse filme existir....

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus